17 de ago de 2007

Pelos Muros - Bienal B - Moinhos Shopping

SEREIA - presença sedutora explorada no veio do imaginário, na forma misteriosa, no elemento fantástico, fabuloso e irracional que fecunda a arte e a poesia e possibilita sua existência. Assim a fabulosa sereia aparece no templo de consumo, e é vista em cinco movimentos mergulhando no imaginário de cada um.
São cinco apresentações: portas e paredes receberam as imagens. Portas e paredes - elementos de nossa vida cotidiana, quase desapercebidos, em meio aos brilhos e cores de vitrines. Técnicas e materiais misturam-se no tempo e no espaço favorecendo a concretização da experiência.
Nestas aparições o real e o irreal ainda coexistem, abrigam nossas fantasias, nossa irracionalidade e paradoxalmente nossa reflexão, ao aproximarmos o mistério da morte neste processo fantástico.
texto de Cleide Di Giorgio


Abertura da Bienal B no dia 27 de Agosto - O grupo trabalha com a imagem feminina e conceitos do Art Nouveau

Pelos Muros no "Essa POA é boa"






Fomos convidados pelo grupo A Flecha a participar com gravuras inspiradas na lenda do Boitatá. A exposição inaugura no dia 30 de Agosto no DC Navegantes